Faça seu agendamento: (51) 3222-5410 | 3314-8555 | 3314-8556

Image
pop-up-novembro.jpg

Dr. Eduardo Pandolfi Passos

Diretor da Clínica Segir de Reprodução Assistida;
Diretor do Centro de Reprodução Assistida do Hospital de Clínicas;
Professor do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da UFRGS;
Doutor em medicina pela Universidade Federal de São Paulo, pesquisador e orientador de pesquisas em nível de pós-graduação, com especialização em reprodução humana na Universidade de Milão, Itália;
Professor titular do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul;
Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida.

Currículo completo

Drª. Isabel Cristina Amaral de Almeida

Diretora da Clínica Segir de Reprodução Assistida.
Médica formada pela UFRGS, com especialização em Ginecologia e Obstetrícia, ex-fellow da Universidade de Nova Iorque.

Clínica Segir

Situada na Rua Mostardeiro, bairro Moinhos de Vento, Porto Alegre, a Clínica SEGIR possui toda a estrutura necessária para realizar os mais diversos procedimentos na área de Reprodução Humana.

Disponibiliza avaliação de infertilidade, atendimento ginecológico e obstétrico, ecografia, ultra-sonografia, diagnóstico genético pré-natal, histeroscopia, laboratórios de sêmen e embriologia, além de assistência terapêutica a casais inférteis.

Centro de Fertilização do Hospital Moinhos de Vento

O Centro de Fertilidade do Hospital Moinhos de Vento, coordenado pelo  Dr. Eduardo Passos e a Dra. Isabel Almeida, uni tecnologia e segurança em seus serviços.A área instalada é de mais de 200 metros quadrados em área interna do Hospital Moinhos de Vento.O espaço conta com consultórios, salas de exames de imagem, área cirúrgica e de recuperação, além de três laboratórios: um é focado na reprodução assistida, outro de processamento de sêmen e o terceiro para a preservação de óvulos congelados.

Blog

Para onde vão os embriões congelados e quantos são transferidos?

Os métodos de reprodução assistida evoluíram muito ao longo dos anos. Hoje, os casais podem até mesmo guardar os embriões excedentes obtidos em um ciclo de fertilização “in vitro”, fazendo com que possam ser transferidos ao útero meses ou anos depois. A mulher, assim, não precisa realizar todo o procedimento de novo. 

Diabetes: existe relação com a fertilidade?

A diabetes não afeta, necessariamente, a fertilidade. A maior dificuldade de uma gestante com essa condição é na hora de conceber o filho, por isso é importante ter um rígido controle da doença. 

Existe idade certa para engravidar?

Talvez essa seja a dúvida mais comum para as mulheres que sonham em ser mãe. Afinal, tem uma idade que favorece a gravidez? A verdade é que sim: do ponto de vista biológico, o momento ideal é entre os 18 anos e 30 anos. Vamos te explicar o porquê.