Atuação

Inseminação Artificial

No tratamento com inseminação artificial o sêmen é colocado dentro do útero no dia da ovulação.

Fertilização In Vitro

A Fertilização in Vitro é um dos métodos indicados para quem tem problemas para engravidar. Entenda como funciona a Fertilização In Vitro.

Laboratório de Embriologia

Todos os conhecimentos e tecnologias para que sonhos se realizem com segurança.

Laboratório de Sêmen

Todos os conhecimentos e tecnologias para que sonhos se realizem com segurança.

Exames

Vídeo Histeroscopia

É uma técnica utilizada na ginecologia para diagnósticos e cirurgias intra-uterinas não-invasivas para investigar o interior do útero (cavida de uterina).

Vídeo Laparoscopia

É a técnica cirúrgica mais moderna que se tem no momento, podendo ser utilizada em vários tipos de cirurgia.

Congelamento

Hoje os casos que necessitam de preservação de fertilidade estão se amplificando. A criopreservação de óvulos vem sendo pesquisada há 25 anos e apesar da fragilidade do óvulo humano, os resultados atuais autorizam a utilização clínica dessa metodologia com certa margem de segurança.

Diagnóstico Genético Pré Implantacional

PGD (Pre-Implantation Genetic Diagnosis) é um exame genético realizado antes da implantação dos embriões.
Utilizado no processo de fertilização in vitro (FIV), traz tranquilidade para os casais, certificando a qualidade dos embriões que serão implantados no útero materno.

Blog

Produtos químicos tóxicos representam uma ameaça à saúde reprodutiva humana

Em 1° de outubro de 2015, a Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO) emitiu sua opinião sobre a exposição humana a substâncias químicas tóxicas no International Journal of Gynecology and Obstetrics. Em parecer escrito por ginecologistas, obstetras, cientistas, profissionais de saúde reprodutiva e instituições médicas e de ensino,a FIGO relacionou produtos químicos a diversos problemas de saúde.

Declínio natural da fertilidade

Nas últimas décadas, em vários países desenvolvidos, nota-se uma postergação da maternidade. Por exemplo, no Canadá a proporção de primeira gestação em mulheres acima dos 30 anos aumentou de 7% em 1968 para 44% em 2005.

Preconceito e infertilidade

Aproximadamente 70 milhões de casais no mundo atualmente são inférteis. Para muitas pessoas ter filhos é imensamente importante e não tê-los pode se constituir em um grande problema. Existem várias consequências sociais e psicológicas decorrentes da infertilidade e as mulheres, de modo geral, são mais afetadas. Alguns dos efeitos mais comuns são depressão, ansiedade e baixa auto-estima.

Do ponto de vista cultural, as reações ao fato de não ter filhos variam de acordo com as várias regiões. Em alguns países subdesenvolvidos, não ter filhos marginaliza a mulher, excluindo-a do convívio social ou relegando-a a planos secundários em sociedades poligâmicas. Já nos países desenvolvidos , estes efeitos sociais são raramente percebidos.

Somente com medidas educativas que esclareçam a população acerca do diagnóstico, do tratamento e da prevenção da infertilidade é que se poderá diminuir o preconceito que algumas comunidades têm com casais inférteis, deixando-os mais tranquilos para manejar esta questão e facilitando o acesso dos mesmos às soluções.