Blog

Congelamento de óvulos é opção para mulheres que querem ser mãe mais tarde. Estratégia dribla o principal problema da maternidade tardia, que é a perda de qualidade dos óvulos devido ao envelhecimento.
Qual a hora certa de ser mãe? O dilema das mulheres entre o relógio biológico e a vida socialQual a hora certa de ser mãe? O dilema das mulheres entre o relógio biológico e a vida social

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou a Resolução CFM no 2.168/2017 que trata das novas regras para a reprodução assistida no Brasil durante coletiva de imprensa na semana passada. Os principais pontos abordam: descarte de embriões, gestação compartilhada e de substituição, inclusão de questões sociais ligadas a casais homoafetivos, a solteiros que desejam ter filhos e à maternidade tardia.

Quando o tecido do endométrio se alastra por uma área muito ampla e sua consistência é mais espessa do que o normal, isso pode significar pode significar endometriose profunda, exacerbando os sintomas da doença, que também pode afetar a fertilidade da mulher e dificultar a gravidez espontânea. Os principais são:

A escolha por engravidar mais tarde em crescido nas últimas décadas. Em vários países desenvolvidos, nota-se uma postergação da maternidade. Por exemplo, no Canadá a proporção de primeira gestação em mulheres acima dos 30 anos aumentou de 7% em 1968 para 44% em 2005.

A infertilidade não possui um ou mais sintomas específicos, mas existem condições que devem ser observadas, pois podem significar algum problema com reflexos na fertilidade. Mas, na maioria das vezes, a infertilidade será assintomática.

Quando uma mulher contrai clamídia - doença sexualmente transmissível (DST) causada por uma bactéria – pode estar se arriscando a ter um problema maior que afetará a sua fertilidade. Isso porque a clamídia pode gerar uma infecção, uma doença inflamatória pélvica que fará com que surja a hidrossalpinge.